MANTENDO O CONTROLE DOS SEUS CUSTOS O AJUDA A OBTER A DIMENSÃO CORRETA DA SUA FROTA

Nos anos anteriores a 2008, muitas empresas de construção aumentaram as suas frotas para se adaptarem à crescente demanda de trabalho. Contudo, como os investimentos anuais com a construção tiveram uma grande queda, hoje as empresas têm dificuldade para encontrar novas maneiras de reduzir custos e gerir eficientemente as suas frotas.

A seguir, veja algumas recomendações para ajudá-lo a analisar os custos operativos e o que elas podem dizer sobre a sua frota.

A análise exata dos custos dos seus equipamentos é essencial para obter boas margens de lucro 


Quando você faz uma estimativa para um projeto, você inclui uma taxa para cada equipamento que irá trabalhar nele. O objetivo financeiro é recuperar todos os custos com o equipamento através desses encargos.

Num ambiente intensamente competitivo, a precisão é essencial para o sucesso da sua empresa. Se os custos com o seu equipamento não estiverem completos, você poderá ganhara licitação, mas irá perder dinheiro com o projeto. Por outro lado, se os seus custos forem muito elevados, você poderá ficar fora do preço de mercado e perder o trabalho.

A seguir, veja uma lista dos custos operacionais chave que você deve analisar para cada equipamento da sua frota:



Custos operacionais do equipamento

  • Depreciação
  • Seguro
  • Combustível
  • Lubrificantes, produtos de manutenção
  • Oficina
  • Peças para reparo
  • Pneus
  • Chassis
  • Ferramentas de trabalho
  • GET

Importância dos custos por hora de utilização


Você não deve apenas compreender os custos totais mas também deve analisá-los de maneira sistemática — como custos operacionais por hora de utilização. A análise da utilização (normalmente uma porcentagem do número de horas de disponibilidade da máquina comparada com o número de horas de trabalho real) juntamente com os custos, é essencial porque representa uma indicação direta da eficiência do equipamento designado para um determinado trabalho. Em economias mais lucrativas, não era estranho que mais máquinas estivessem “retidas” nas obras só para o caso de serem necessárias. Do ponto de vista da eficiência das frotas, faz mais sentido que um equipamento parado seja utilizado para um trabalho, para aumentar a produtividade, em vez de continuar parado.

Avalie os custos operacionais e a utilização para determinar a dimensão correta da sua frota


A avaliação dos custos e da utilização de cada equipamento deve fazer regularmente parte do planejamento do seu negócio. Quando você verificar este tipo de análise em vários projetos ou ao longo de um ano inteiro, você terá uma visão clara sobre a eficiência da sua frota e sobre os projetos mais rentáveis.

Se a sua frota inteira estiver sendo utilizada menos de 80% ou se tiver equipamentos específicos sendo utilizados menos de 50%, é uma indicação de que a sua frota poderia ser menor e ainda sim manter a capacidade de realizar a mesma quantidade de trabalhos. Ou seja, você teria menos equipamentos, mas que seriam utilizados quase sempre a uma taxa próxima dos 100%.

Por exemplo, a frota de uma empresa possui seis escavadeiras (idade e configuração similares). O proprietário está considerando adquirir mais uma. Para ajudá-lo a decidir, ele analisa o relatório de utilização. Este mostra que três escavadeiras tiveram uma utilização de 80% no último trimestre, duas tiveram uma utilização de 50% e uma escavadeira teve uma utilização de 20%. A realidade é que ele não precisa de uma outra escavadeira. De fato, ele poderia eliminar uma escavadeira e aumentar a utilização geral das escavadeiras na frota — o que iria liberar também o capital gasto numa máquina pouco utilizada.

O aluguel poderá aumentar a eficiência


Pesquisas recentes feitas com proprietários e distribuidores de equipamentos indicam que os aluguéis de equipamento continuarão aumentando. Esta tendência é o resultado da percepção por parte das empresas, dos benefícios de custos e eficiência que o equipamento alugado pode trazer aos seus projetos. Se você tiver um equipamento que seja frequentemente pouco utilizado, faz todo sentido considerar a sua eliminação da frota — juntamente com os seus custos associados — e apenas alugar esse equipamento quando for necessário. Dependendo do seu negócio, a utilização de mais equipamento alugado poderá ajudá-lo a liberar crédito e capital adicionais para a sua empresa.

A tecnologia pode aumentar a precisão e a eficiência


A telemática disponibiliza informação praticamente em tempo real, como a localização da máquina, o tempo ocioso e o consumo de combustível, em relatórios na internet. O acesso constante a este tipo de informação pode ajudá-lo a aumentar a precisão da sua informação e ajudar a aumentar a eficiência geral da sua frota.

Por exemplo, o contador de horas é uma maneira de analisar as horas de funcionamento da máquina, mas não diferencia entre “tempo de funcionamento” e “tempo ocioso.” Os sistemas de telemática podem fornecer este tipo de informação. Os benefícios da telemática a curto prazo incluem:

  • Redução do tempo ocioso desnecessário (através da conscientização, treinamento e definição de objetivos do operador)
  • Redução dos custos de combustível
  • Valores de utilização mais precisos para o seu equipamento
  • Tomada de decisão mais eficaz para a sua frota e o seu negócio

Quanto mais informação você tiver, melhor serão as suas decisões empresariais.