TESTE OS SEUS CONHECIMENTOS SOBRE A EFICIÊNCIA DE COMBUSTÍVEL

Os custos operacionais sempre foram uma parte importante na gestão da sua empresa, mas com as alterações na economia, as especificações mais apertadas das licitações e a necessidade de manter as vantagens competitivas, a redução dos custos se tornou um aspecto crítico. Os custos com o combustível representam uma porcentagem significativa dos custos de funcionamento de uma máquina, por isso, faz todo o sentido ter o maior conhecimento possível sobre consumos e eficiência de combustível. Inicie com o nosso teste de combustível.

 

Verdadeiro ou Falso?:

A maioria das máquinas não possuem um modo de trabalho desenvolvido para economizar combustível.

Falso. Muitos fabricantes de carregadeiras de rodas, escavadeiras, caminhões de estrutura rígida e tratores de terraplanagem disponibilizam, em todos os seus equipamentos, modos de economia que, quando ativados, economizam no consumo de combustível em relação aos modos de produção elevados. A redução do consumo de combustível é geralmente obtida através da redução das RPM e/ou da potência hidráulica. Contudo, os modos de economia podem ser muito eficazes para aplicações mais leves, como nivelamento exato ou trabalhos de acabamentos economizando combustível ao mesmo tempo. A melhor estratégia é escolher o modo de trabalho que melhor se adapte à aplicação.

 

Verdadeiro ou Falso?:

Economia de combustível e eficiência do combustível são na realidade a mesma coisa.

Falso. O consumo de combustível é a medição da quantidade do combustível queimado. A eficiência do combustível é a quantidade de trabalho realizado com cada tanque de combustível queimado. Se você pretende proteger os seus resultados finais, você deverá observar a eficiência do combustível porque considera o combustível consumido (custo) e o trabalho realizado (receita)—isto lhe dará uma ideia mais clara sobre o impacto do combustível na sua margem.

 

Verdadeiro ou Falso?:

A redução do tempo de inatividade pode economizar até 30% nos custos com o combustível.

Verdadeiro. Alguns especialistas industriais afirmam que não é incomum que o tempo de inatividade represente cerca de 40% do tempo total do trabalho. Todas estas horas improdutivas se traduzem numa grande quantidade de combustível desperdiçado—quatro litros ou mais por hora. E o tempo de inatividade pode afetar o seus resultados finais de outras maneiras. Quando você acumula muitas horas improdutivas, você:

  • Coloca em risco a vida útil dos componentes
  • Gasta horas de garantia
  • Sacrifica o valor de revenda
  • Faz manutenções desnecessárias

 

APRENDER MAIS