Gerenciamento de Frotas 101: As Noções Básicas & Os Benefícios

Folheie uma revista de mineração ou assista a uma conferência do setor e, provavelmente você se deparará com alguma discussão sobre gerenciamento de frotas. É um tema muito debatido atualmente. Mas, além da definição óbvia - gerenciamento de uma frota de equipamentos -o que isso exatamente implica? E quais os benefícios que ele deve oferecer para uma operação de mineração?

A maneira mais simples de definir o gerenciamento de frotas é analisar com mais atenção os três componentes básicos: atribuição e otimização de equipamentos, monitoramento de produção e monitoramento de material e posição.

A atribuição e otimização de equipamentos é a principal razão pela qual muitas empresas de mineração optam por implementar, em primeiro lugar, sistemas de gerenciamento de frotas. Ao possibilitar a programação e atribuição de todos os tipos de equipamentos de vários fabricantes, bem como o gerenciamento de troca de turnos, a partir de uma localização central, o gerenciamento de frotas ajuda a minimizar o tempo de espera da máquina improdutivo e otimizar o uso de equipamentos no local.

O segundo elemento crítico, o monitoramento de produção, é a capacidade de avaliar informações sobre o tempo de ciclo da máquina, o desempenho do carregamento e outros parâmetros operacionais fundamentais. O gerenciamento de frotas fornece visibilidade em tempo real para esse tipo de dado, o qual pode ser rastreado por um operador ou máquina individual, grupos de máquinas, locais específicos ou toda uma frota, permitindo que os mineiros façam alterações em tempo útil para melhorar o desempenho de carregamento e aumentar a previsibilidade de carga útil.

O monitoramento de material e posição é o terceiro componente fundamental. Em seu nível mais básico, o gerenciamento de frotas trata sobre o monitoramento do local dos equipamentos para uma frota inteira, mas, além disso, ele também ajuda a garantir que as máquinas estejam no local certo e que a quantidade e o tipo de material que está sendo movido sejam precisos. Esse tipo de dado pode ser usado para alertar os operadores sobre rotas equivocadas antes que ocorram erros ou riscos para a segurança, bem como para analisar os fatores de desempenho, tais como o movimento de despejo e o congestionamento das estradas de transporte para impulsionar a produtividade geral do local.

Agora que o "conceito" de gerenciamento de frotas está claro, vamos dar uma olhada no "por quê". Quando bem feito, ele fornece uma visão abrangente de toda a operação, através de um ou vários locais de mina. De lá, permite que "se aprofundar" em vistas e análises mais detalhados, gerando relatórios sobre grupos de ativos específicos, equipamentos em determinados locais ou máquinas individuais. Além disso, permite simulações do tipo "o que ocorrerá se" para identificar o efeito de mudanças operacionais antes da implementação. Todos esses recursos se reúnem para ajudar a reduzir os custos de operação de mineração por tonelada, melhorar a produtividade e aumentar a rentabilidade geral do local.

O que você acha? Isto está alinhado à sua definição e expectativas sobre o gerenciamento de frotas? Quais outros recursos você incluiria? Conte-nos suas ideias pelo Facebook ou Twitter.

Ou saiba mais sobre o Fleet, entre em contato com um especialista.


Página Principal do Cat® MineStar™

O Cat MineStar oferece uma variedade de conjuntos de recursos que podem ajudar você a otimizar todos os aspectos da operação.

Saiba Mais

Caterpillar Global Mining

Ao oferecer a linha de produtos mais ampla do setor, a Caterpillar Global Mining tem o compromisso com o sucesso dos clientes de mineração.

Saiba Mais